Alimentos que Ajudam a Combater a Disfunção Erétil e Aumentam a Ereção Masculina

Trabalhar com recursos naturais muitas vezes não é a primeira opção para quem apresenta problemas na hora do sexo, pois são resultados a longo prazo, diferente dos remédios que agem imediatamente. Dependendo do caso apresentado e da recorrência, alimentos são soluções efetivas.
Desvendando os mistérios sobre alimentação e sexo, vamos falar a respeito de alimentos e suas funções em relação a atividade sexual do organismo, tanto masculino quanto feminino, explicando também sobre alimentos que as pessoas não sabem que prejudicam e ereção masculina.

O Que é Realmente Bom para Aumentar a Ereção

Em nossa cultura conhecemos alguns alimentos que aumentam a ereção, como o amendoim, a catuaba e algumas ervas. Realmente muitos alimentos melhoram a disfunção erétil, apesar de serem soluções de médio e longo prazo, são opções válidas para quem busca um remédio para a ejaculação precoce ou começa a notar que a ereção não está tão rígida como de costume.

Fizemos uma lista de alimentos que você pode incluir na sua alimentação diária, cada um com seu benefício que ajudam a ereção e  irão fortalecer seu organismo para ter mais potência na hora do sexo.

  • Aspargos: É uma excelente saída para a disfunção erétil masculina e a perda de libido feminina. Isso porque é rico em folato, uma substância que auxilia na produção de histamina, hormônio responsável pela libido. Como se trata de um alimento que tem relativamente um custo alto, não precisa integra-lo à dieta diária, mas vale a pena comê-lo eventualmente. Os resultados não demoram muito para se fazerem presentes.   
  • Banana:  É uma riquíssima fonte de potássio, responsável pelo fortalecimento dos muscúlos. Vitaminas de banana em jejum são ótimas opções para fortalecer a ereção.    
  • Chocolate amargo: Eleva a libido e não é um inimigo para a saúde como muitos dizem. O alimento é um aliado contra a impotência sexual, pois quando o chocolate contém no mínimo 70% de cacau, a composição gera feniletilamina, substância capaz de liberar as mesmas endorfinas que são produzidas pelo organismo durante o sexo. Atente-se ao consumo e o tipo do chocolate, há compostos que podem causar o efeito reverso. 
  • Vegetais e folhas verdes para melhorar o fluxo sanguíneo: Quando o alimento é atrelado a circulação do sangue, ele contribui para o preenchimento dos corpos cavernosos do pênis ajudando a bombear sangue no órgão genital, é o caso das folhas, como a couve manteiga, brocólis  e outras hortáliças de folhas mais escuras. Acrescentar a alimentação diária ou fazer sucos é uma ótima opção.
  • Suco de melância: O suco de melância com limão e gengibre é o mais conhecido e eficaz dos alimentos que ajudam a ereção masculina. Bata 01 xícara de melância com suco de meio limão, 1/2 xícara de água e um pedaço pequeno de gengibre. Adicione gelo e tome 1x ao dia.
  • Não cometam excessos no uso da carne vermelha e nem tampouco no chocolate, apesar de serem aliados, eles podem acabar promovendo danos à saúde se usados erroneamente.  

    Alimentos que Prejudicam a Ereção Masculina

    Nem todos os alimentos ou ervas são efetivas contra impotência sexual. Na verdade todos nós conhecemos alguém que tem uma receita para tratar alguma coisa, mas é importante saber que algumas combinações podem ter efeito reverso, podem em vez de prolongar a ereção, gerar mais ansiedade e menos duração na hora do sexo.

    Vamos ver alguns alimentos e bebidas que podem prejudicar o desempenho sexual masculino.

    Água tônica: Muitas vezes contém quinino, que já foi ligado a uma diminuição da função sexual. Por isso, evite antes do sexo.

    Alimentos enlatados: Alimentos enlatados não costumam vir com muitos valores nutritivos e isso pode acabar com o desempenho na cama, promovendo a impotência sexual, além de acarretar outros problemas na saúde.

    Batata frita: É um alimento excessivamente processado, que tem um índice glicêmico muito alto, o que significa que libera energia muito rapidamente no corpo. Você pode sentir-se inicialmente bem ao comê-la, mas, logo depois, seus níveis de energia vão cair rapidamente, deixando-o para baixo e de certa forma cansado. Além disso, você pode não se sentir bem se for preparada em óleo de má qualidade, o que pode fazer com que se sinta lento e com indigestão. Atrapalhando massivamente no desempenho e também na falta de libido.

    Vinho tinto: É um excelente aliado, porém qualquer bebida alcoólica se consumida em excesso, pode causar mal-estar e principalmente um não funcionamento correto do órgão sexual, além de estarem correlatos a um tipo de vício.

    Alguns alimentos do nosso cotidiano interferem diretamente no desempenho sexual masculino, pois consumimos com muita frequência, impedindo o desenvolvimento de hormônios essenciais para uma ereção duradoura e de qualidade.

    Existe Dieta específica?

    alimentos que melhoram a ereção

    Se você busca um resultado mais rápido e definitivo pode optar por remédios naturais.
    As empresas farmacêuticas se aprofundaram bastante na saúde sexual, usando alta tecnologia para desenvolver produtos naturais, sem efeitos colaterais.

    Os alimentos trarão mais qualidade de vida, muitos homens esquecem que sedentarismo, excesso de peso e outros malefícios de não levar uma vida balanceada interferem na hora do sexo. Não há dieta específica para se ter ereções mais fortes e longas, mas os alimentos definitivamente trazem inúmeros benefícios para quem busca melhorar o desempenho sexual.

    Remédios são seguros?

    Depois de todos os problemas que o Viagra causou, após ser lançado como um remédio revolucionário para tratar os problemas sexuais masculinos, muitas dúvidas surgiram em relação a remédios para tratar a ejaculação precoce e impotência sexual.

    Ainda falando do Viagra, por ser um remédio que aumenta o fluxo sanguíneo sem distinção de organismo, muitos usuários sofreram com diversos efeitos colaterais, desde arritmia cardíaca e infartos á necessidade de amputar o pênis devido a gangrena após mais de 48h de ereção. Para saber mais clique aqui.

    Entendendo que havia uma grande busca por um remédio que solucionasse problemas sexuais e/ou apenas melhorasse o desempenho dos homens, a industria farmacêutica investiiu alto e desenvolveu alternativas naturais que não causam nenhum efeito colateral, podendo ser usado por homens de qualquer idade com vida sexual ativa.